quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Seja CONSCIENTE!


- mantenha a torneira fechada enquanto escova os dentes ou lava a louça;

- Varra o chão do quintal com varroura ao invés de mangueira;

- imprima o indispensável e utilize os dois lados da folha. Você ajudará a poupar muitas árvores;

- desligue a televisão enquanto utiliza o computador;

- prefira ventiladores, pois o ar condicionado consome mais energia. E se, no caso, ainda preferir o ar condicionado, sempre use com todas as janelas fechadas, já que também é um meio de economizar energia;

- sacolas de supermercados podem ser usadas para sacos de lixo, mas cuidado para não abusar. Use somente o necessário.

São pequenas atitudes como essas acima que fazem o mundo melhor!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Participe vote na BioTAV

A ONG BioTAV está concorrendo a promoção SOU+VERDE Justo da família Verde e Silva uma iniciativa de TV Tribuna,
A foto corresponde a plantação de 200 mudas realizadas na E.E Deputado

Contamos com você!

CLIQUE AQUI

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Vote pelo Planeta

Já passou da hora agirmos é sabemos disso, afinal diariamente sentimos e vemos as mudanças ambientais causadas por nossas próprias ações.

Conheça a Campanha Vote Pelo Planeta criada pela WWF

Um acordo global de clima ambicioso ainda pode ser alcançado em Copenhague, no próximo mês de dezembro. Por isso, o WWF-Brasil traz ao país a primeira eleição feita simultaneamente no mundo inteiro. Por meio do aplicativo Vote pelo Planeta, desenvolvido pela Rede WWF em parceria com o Google, a sociedade brasileira poderá participar da mobilização para persuadir os líderes mundiais a chegarem a um acordo climático justo e eficiente capaz de manter o aumenta da temperatura do planeta abaixo dos 2ºC.

“Se cada um fizer sua parte, nossas vozes se transformarão num só coro a pedir aos líderes mundiais que tomem a decisão certa em Copenhague”, afirma a secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú. “O novo acordo global de clima não é apenas possível. É absolutamente necessário. Convidamos cada brasileiro a dar seu voto pelo planeta”, completa.

Coordenado globalmente pela Rede WWF, presente em mais de 100 países, o movimento Vote pelo Planeta já conta com participações de países como Japão, Espanha, Austrália e Canadá. A cada dia novos países engrossam a lista. É uma oportunidade histórica de unir o mundo em torno de uma questão que afeta a todos e pedir uma mudança rumo a um futuro mais sustentável.

A ação soma-se a vários outros esforços organizados pela sociedade civil para mobilizar pessoas em torno das questões climáticas. Entre elas, a campanha TicTacTicTac, coordenada pela Campanha Global de Ações pelas Mudanças Climáticas (GCCA, na sigla em inglês).

Como funciona?
No site do WWF-Brasil (www.wwf.org.br) há um mapa mundi onde a pessoa ou organização se cadastra e registra seu voto pelo planeta. No aplicativo, é possível deixar mensagens ao votar, ver quem já votou e a localização das pessoas ou organizações participantes.

A ideia surgiu da experiência global Hora do Planeta, que ocorre anualmente em março, desde 2007. Este ano, milhares de pessoas em 103 países apagaram suas luzes e mostraram ao mundo que estão contra o aquecimento global.

PARTICPE VOCÊ TAMBÉM!

Nós da BioTAV estamos apoiando essa ação!

Acesse: http://www.wwf.org.br/informacoes/especiais/vote_pelo_planeta/de_seu_voto/


Fonte:WWF- Brasil

Não perça ainda essa semana um post especial sobre a COP15.
ONG BioTAV - "Plantando Sementes Para o Futuro"

sábado, 10 de outubro de 2009

BioTAV -- Em ação

Sexta feira dia 09/10/09 foi dia de comemoração na E.E Deputado Emilio Justo, afinal é nessa Instituição de Ensino que são desenvolvidas todas as sextas - feiras as ações da ONG BioTAV.
São realizadas rodas de conversa, transformação de material reciclado em brinquedos além da produção de um Zine que tem lançamento previsto no mês de outubro, essas são apenas algumas das atividades realizadas ao longo do ano.
Nós queremos agradecer e dedicar esse prêmio aos principais protagonistas dessa história, aos alunos da E.E Deputado Emílio Justo.PARABÉNS e muito obrigada aos Alunos, Comunidade, Funcionários e a Direção

Voluntários se emocionam em noite de premiação

Autor: Carolina Iglesias

Iniciativas que nasceram da comunidade foram as grandes homenageadas da 7ª edição do Prêmio Comunidade em Ação 2009, realizado na noite de ontem, no Theatro Guarany.
Promovido por A Tribuna em parceria com a CPFL Piratiningao projeto divulgou nesta edição 15 ações ligadas ao terceiro setor. Cada participante foi tema de reportagens especiais publicadas em A Tribuna, entre os meses de maio e agosto.
Em clima de muita festa, quatro projetos foram premiados: Neo Mama (entidades), Biotav (grupo), Instituto Evolução (individual) e Anjos do Senhor (voto popular). Este, com mais de 34 mil votos garantidos pela comunidade, por meio da internet.
Assim como nas edições anteriores, a escolha dos projetos foi feita por um júri composto por representantes da Diocese de Santos, Fundação Abrinq, CPFL Piratininga e A Tribuna. Os critérios de escolha envolvem o impacto social, o grau de mobilização, a aplicação de competência e a originalidade.
A Banda Walter Sheppis foi a responsável por embalar todos os convidados com ritmos que misturavam desde músicas clássicas a canções do rei do pop, Michael Jackson. A banda comandada por Valdir Teixeira de Melo levou ao palco do teatro mais de cem integrantes, entre músicos e bailarinos.
Responsabilidade social
Certeza de dever cumprido. Essa é a sensação da diretora de Marketing de A Tribuna, Renata Santini Cypriano. “Estamos muito orgulhosos com o resultado. A partir da publicação destas matérias, a comunidade passa a conhecer projetos sérios e isso é resultado da credibilidade do projeto”.
O grande estímulo gerado com o prêmio também foi destacado pela diretora. “Precisamos conscientizar toda a população da importância que tem estas ações. Estas pessoas precisam ser valorizadas, pois são um exemplo para todos nós”.
Para o gerente regional da CPFL Piratininga, Epaminondas Padilha Lima, a iniciativa revela anualmente a mobilização de munícipes interessados em ajudar ao próximo, independente de formação, nível social ou orientação política.
“Uma das missões da CPFL é interagir com a sociedade. Ajudar a mostrar o trabalho desses cidadãos em prol de outros cidadãos é gratificante”, avaliou. Durante a cerimônia, o gerente comercial de A Tribuna, Márcio Delfim Leite Soares, confessou um carinho todo especial pelo projeto. “Já foram publicadas mais de 165 projetos ao longo destes sete anos. São iniciativas como essas que ajudam a toda comunidade e precisamos saber reconhecer o esforço de cada um dos participantes”, afirma.
Com grande repercussão e envolvimento da comunidade, os trabalhos também foram prestigiados pelo editor-chefe de A Tribuna, Carlos Conde e pelo secretário de Assistência Social e vice-prefeito, Carlos Teixeira Filho.
Vencedores
Com um discurso emocionado, José Roberto Gomes, que preside a instituição Anjos do Senhor dedicou o prêmio ao responsável pela idealização do projeto, o filho Ricardo, que faleceu aos 15 anos.
“Em meio a tanta luta, esse prêmio é uma grande vitória. Fiz um pacto com Deus que, enquanto eu estiver vivo, e ele me der força, continuarei lutando por toda a população carente da comunidade”, contou.
Para as adolescentes Mariana Aragão e Dayana dos Santos, representantes da ONG Biotav, o prêmio é o reconhecimento de um trabalho sério realizado em escolas da região. “Estar aqui hoje é a realização da nossa vida. Queremos passar a nossa mensagem a muitos outros jovens e com essa prêmio conseguiremos ganhar visibilidade na região”, revelou Mariana.
As lágrimas no rosto da coordenadora do Instituto Evolução, Célia Pfeifer demonstraram a emoção de ter sido uma das entidades premiadas. Com o prêmio, a instituição, que oferece cursos de capacitação para crianças e jovens especiais, pretende angariar recursos e novos apoiadores. “Nosso trabalho é muito importante para estes jovens. Esperamos que com o prêmio novas portas se abram”.
“Divido esse prêmio com todos os participantes”, comentou a diretora do Neo Mama, Gilze Francisco. Apesar de acreditar que haviam muitos trabalhos merecedores do prêmio, ela conta que o reconhecimento do júri promoverá o projeto em toda a comunidade. O projeto atende mulheres vítimas de câncer de mama na Baixada Santista, um dos locais de maiores indícios de casos do Estado, segundo Gilze.

Fonte: Site Comunidade em Ação 2009

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

ONG BioTAV- Vencedora do Prêmio Comunidade em Ação 2009




Admiração e respeito mútuo na premiação do Comunidade em Ação
Da redação

Quatro são escolhidos, mas todos são vencedores. Bastava ver a admiração e o respeito mútuos entre os integrantes dos 15 projetos finalistas do Prêmio Comunidade em Ação 2009, ontem, para comprovar. A cerimônia de anúncio dos premiados ocorreu no Theatro Guarany, em Santos. A solenidade fechou um ciclo iniciado em maio, quando teve início a publicação semanal de uma matéria sobre cada entidade participante. Até agosto, A Tribuna mostrou o trabalho cotidiano de pessoas que, voluntariamente, promovem o bem. Em sua sétima edição, o projeto premiou as seguintes instituições: Instituto Neo Mama (Santos), na categoria Entidade; Instituto Evolução (Santos), categoria Individual ­na pessoa da presidente, Célia Pfeifer; e Biotav (Terra, Água, Verde), sem sede própria, na categoria Grupo. Todos foram escolhidos por umjúriformadoporrepresentantes da Diocese de Santos, Fundação Abrinq, Companhia PiratiningadeForçaeLuz(CPFLPiratininga)eATribuna.Oscritérios de escolha foram impacto social, grau de mobilização, competênciaeoriginalidade. O quarto vencedor foi eleito por 34 mil votos ­ de um total de 68 mil ­ via internet, na categoria Voto Popular. Tratase da entidade Anjos do Senhor (Santos). "Nossa ideia, desde o começo, foi divulgar o trabalho bonito que essas pessoas realizam de forma anônima", disse a diretora de Marketing de A Tribuna, Renata Santini Cypria- no. "A cada ano que passa, per- cebemos que um pouco de tempo que cada voluntário dedica pode representar a alegria de muita gente". Para o gerente regional da CPFL Piratininga ­ empresa parceira na idealização do projeto ­, Epaminondas Padilha Lima, a iniciativa revela anualmente a mobilização de munícipes interessados em ajudar ao próximo, independente de formação, nível social ou orientação política. "Uma das missões da CPFL é interagircomasociedade.Ajudar a mostrar o trabalho desses cidadãosemproldeoutroscidadãosé gratificante",avaliouLima. OgerenteComercialeMarketing de A Tribuna, Márcio Delfim Leite Soares, confessa que o jornal tem um apreço especial pelo Comunidade em Ação. "Ao longo desses anos, foram destacados 165 projetos. O mais importante é o efeito multiplicador: quem conhece fica estimuladoaseengajartambém". O editor-chefe do jornal, Carlos Conde, e o secretário de Assistência Social e vice-prefeito, Carlos Teixeira Filho, também prestigiaram o evento. PREMIADOS "Tenho um anjo no céu que é o causador disso tudo", disse José Roberto Gomes, que preside a entidade Anjos do Senhor. A referência é ao filho Ricardo, morto aos 15 anos. O triste acontecimento estimulou Gomes a criar a entidade, que promove campanhas em prol de comunidades carentes. "Levamos palavras de união e aceitação". A vencedora da categoria Individual, Célia Pfeifer, criou o Instituto Evolução ao descobrir que, com 18 anos, seu filho ­ que é autista ­ não teria mais onde estudar. "Comecei assim. Hoje atendemos cerca de 80 jovens, donos de uma capacidade incrível". "Trabalhar com aqueles que passam por necessidades é algo valioso", comentou a presidente do Instituto Neo Mama, Gilze Maria Costa Francisco. "Eu divido este prêmio (categoria Entidades) com todas as instituições e voluntários da região". O instituto atua com pacientes com câncer de mama. As duas integrantes do Biotav, Mariana Aragão e Daiana Santos, escolhido na categoria Grupo, disseram que a premiação abrirá mais portas para que a dupla continue promovendo ações educativas sobre o meio ambiente. "Apesar das dificuldades que enfrentamos, isso é um estímulo", considerou Mariana

Vencedores Edição 2009
Categoria Nome
Grupo ONG BioTAV
Voto Popular Anjos do Senhor
Entidade Instituto Neo Mama
Individual Instituto Evolução

Obrigada a todos que sempre acreditaram em nós!
Fonte: Jornal A Tribuna ( 08/10/09)

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Comunidade em Ação premia vencedores

Autor: Da Redação
Fonte: Comunidade em Ação

Ações beneficentes que têm o objetivo de ajudar o próximo. Este é o pressuposto das 15 entidades da Baixada Santista que concorrem ao Prêmio Comunidade em Ação 2009. A cerimônia que premiará quatro instituições será hoje, às 19h30, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, s/n°, Centro de Santos).
Entre os meses de maio e agosto, as entidades foram temas de reportagens especiais em A Tribuna. Nas publicações semanais (edições de quarta-feira) foram mostradas suas ações voluntárias e as histórias de quem é beneficiado. Em parceria com a Companhia Piratininga de Força e Luz – CPFL o projeto vai premiar nas categorias: individual, grupo, entidade e voto popular. Ao som de marchinhas, ópera, samba, pop e MPB, a banda Walter Scheppis, da EE Walter Scheppis e coordenada pelo professor de Educação Física, Valdir Teixeira de Melo, promoverá muita animação para os convidados durante a cerimônia de premiação do projeto. A escolha dos projetos foi feita por um júri composto por representantes da Diocese de Santos, Fundação Abrinq, CPFL Piratininga e A Tribuna. Os critérios de escolha envolvem o impacto social, o grau de mobilização, a aplicação de competência e a originalidade. Da escolha popular, feita pela internet, mais de 68 mil votos foram computados.Para a diretor de Marketing de A Tribuna, Renata Santini Cypriano, “com a exposição destas ações”, ouras pessoas podem se interessar pelo trabalho voluntário. “São iniciativas muito valiosas que nascem da comunidade e que merecem o nosso prestígio”.

Projetos participantesAnjos do Senhor
CEC Dr. Luiz Monteiro de Barros
Cubatão Sinfonia Regendo o Futuro
ONG Formigueiro
Jovens em Ação
Maternizar
Projeto Menina Mãe
Instituto Neo Mama
BioTAV
Caminho do Sol
ONG Onda Sonora
Projeto Esperança e Luz
Reciclar é ganhar
Restaurante O Barrote
Instituto Evolução

terça-feira, 6 de outubro de 2009

O que é o eco4planet e por que usar?


O eco4planet utiliza o sistema Google™ com um visual também simples e rápido, porém inovador na utilização predominante da cor preta para gerar economia de energia. Sua criação prova que pequenas ações diárias podem gerar economia de energia, resultando em menores gastos e ainda vários outros benefícios.
Desde agosto de 2009 o eco4planet efetua o plantio de árvores de acordo com o número de pesquisas realizadas através dele, um passo importantíssimo para sua proposta ecológica - mais uma vez provamos que todos tem condições de colaborar com o meio ambiente e a sua participação divulgando o eco4planet é fundamental. Você pode acompanhar o contador de árvores na página principal ou segui-los via Twitter para ficar por dentro das datas e locais de plantio
Economizar energia é uma forma de ajudar o planeta uma vez que para geração de eletricidade incorre-se no alagamento de grandes áreas (hidrelétricas), poluição do ar com queima de combustíveis (termoelétricas), produção de lixo atômico (usinas nucleares), dentre outros problemas ambientais. Soma-se a isso o fato de que o eco4planet pode gerar menor cansaço visual ao visitante se comparado a uma página predominantemente branca.
Sendo assim não há dúvidas de que essa ação é extremamente válida uma vez que somados os usuários teremos um resultado realmente significativo de economia de energia, gastos, preservação da natureza, e ainda mais: acreditamos que olhar sempre para o eco4planet fará com que as pessoas se lembrem da necessidade contínua de economizar energia elétrica e proteger a Natureza!

Fonte: Eco4Planet

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Centenas de espécies podem ser extintas em 50 anos

Um estudo publicado na revista Nature liderado pelo biólogo Chris Thomas, da Universidade de Leeds, prevê a extinção de até 52% das espécies devido ao aumento de 2ºC na temperatura média mundial.
A base do estudo foi uma série de condições no ambiente, como temperatura e sazonalidade, que influenciam na capacidade de sobrevivência dos seres vivos. Na segunda etapa foram usados modelos que projetaram cenários do futuro, capacitando a possibilidade se as espécies conseguiriam sobreviver com as mudanças provocadas pelo gás carbônico.
Uma das pesquisadoras, Marinez Ferreira (brasileira), analisou que as alterações climáticas nas árvores do Cerrado podem ser reduzidas em até 25% em 50 anos (aumento de 0,5% ao ano no gás carbônico presente na atmosfera), podendo chegar num índice de 90% num ambiente com maior aumento de CO2 ao ano.

Alguns animais em extinção no Brasil:
Cimpanzé
Leopardo
Onça-pintada
Arara-azul (grande e pequena)
Papagaio
Rolinha
Morcego cinza

Fonte e mais informações: http://ambientes.ambientebrasil.com.br/mudancas_climaticas/artigos/clima_pode_extinguir_centenas_de_especies_dentro_de_50_anos.html

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Chuveiro Ecológico


Cerca de 1/3 do total de água gasto em casa se esvai pelo ralo do chuveiro. Por isso, foi criado este relógio em forma de gota: ele mostra qual é a quantidade de água usada em cada banho. O mecanismo é bem simples. Basta calcular quanto tempo seu chuveiro leva para encher uma vasilha de 1 litro para regular o relógio. E pronto. A cada banho, você fica sabendo quanto gastou de água – e se passar da quantidade recomendada (35 litros), ele alerta. Você vai cantar quando souber o quanto poupou de água e o quanto economizou na conta. Só que fora do chuveiro. Sob encomenda na internet.


Fonte: Revista Vida Simples

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Contamos com VOCÊ!

A ONG BioTAV está concorrendo ao Prêmio Comunidade em Ação 2009 uma parceria de A Tribuna e da CPFL Piratininga, que tem por objetivo divulgar boas ações e incentivar o voluntariado na região.Em seu sétimo ano, o projeto implica na publicação de reportagens sobre 15 projetos sociais a reportagem da BioTAV foi realizada na Escola E.E Deputado Emilio Justo no dia 03/06/09 .
As votações serão encerradas dia 30 de setembro e é muito importante para nós que você vote e nos ajude a ganhar esse prêmio, na categoria voto popular CLIQUE AQUI para votar.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Organizações divulgam programação do Dia Mundial Sem Carro

A edição deste ano do Dia Mundial Sem Carro, comemorado no dia 22 de setembro, será marcada por debates, protestos e diversas manifestações de rua, que vão ocorrer a partir do dia 17. As ações estão sendo organizadas por um coletivo, proposto pelo Movimento Nossa São Paulo e formado por dezenas de organizações (entre elas, Akatu, Campanha Tic Tac, Coletivo Ecologia Urbana, SOS Mata Atlântica, Respira São Paulo, Sesc e Transporte Ativo) e centenas de pessoas que já se engajaram na campanha. Qualquer cidadão pode participar das atividades propostas.
Mais do que estimular as pessoas a deixarem seus carros em casa durante um só dia, a idéia da campanha é marcar a luta por um transporte público de qualidade, por menos poluição do ar, por respeito ao pedestre, por mais ciclovias, enfim, pela mobilidade urbana.

Fonte: http://www.nossasaopaulo.org.br/portal/node/9055

VOTE NA BIOTAV

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Conheça os 3R´s


Segundo uma pesquisa realizada pelo IBEGE, cada habitante produz cerca de 5,0 kg de lixo por dia. Para diminuir essa produção e ajudar o planeta é preciso colocar em práticas os 3R´s.
Agora vamos tentar explicar os seus significados o primeiro deles significa Reduzir a geração de lixo, essa é a melhor maneira de ajudar na preservação ambiental e na preservação dos recursos naturais. Vamos usar o raciocínio de não produzir mais do que precisamos como, por exemplo, colocar mais comida no prato do que iremos comer ou até mesmo comprar itens mais do que necessitamos.
O segundo R significa reutilizar os resíduos, essa é a prática que requer imaginação e mudança na forma de destinação dos resíduos. Vamos pensar em uma embalagem de café, leite e caixas de papelão podem ser reutilizadas novamente ao invés de serem jogadas fora.
O terceiro R significa Reciclagem, ou seja, reaproveitar as matérias-primas embutidas nos resíduos para fabricar um novo produto, como exemplos imaginem um pneu de carro usado ele pode ser transformado em tapetes e chinelos. Os vidros podem ser utilizados para produzir outros vidros e as latinhas de alumínio podem ser totalmente recicladas e voltar a sua forma inicial, Porém infelizmente apenas 2% do lixo do nosso país e reciclado se essa porcentagem aumentasse estaríamos ajudando o meio ambiente e evitando consequências que poderão ser difícil de mudar.
Fonte: IBEGE e http://www.gpca.com.br/

Vote na BioTAV - http://sat.grupoatribuna.com.br/atribuna/2009/comunidadeacao/projeto_ver.asp?idprojeto=13

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Meio Ambiente: e Eu com isso?


Algumas pessoas acham que não tem nada haver com o meio ambiente . Assista esse filme e reflita, e pense bem se você realmente não tem nada haver com isso!
Faça sua parte

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Consumo

Consumidor consciente é o que equilibra a sua satisfação pessoal com a sustentabilidade do planeta, ou seja, não compra mais do que precisa.

Faça sua parte! Todas as dicas foram retiradas do site Planeta Sustentável - Manual para enfrentar o aquecimento global e outros desafios.

1- Preferir produtos de limpeza naturais é uma boa alternativa para evitar tantas substâncias químicas que levamos para casa. Você costuma usá-los? Para saber mais, pesquise aqui, no site, algumas receitas fáceis para preparar detergentes, perfumes, desinfetantes e até mata-pulgas naturais.

2- "Ao fazer compras, prefira levar sua própria sacola de pano ou plástico durável", aconselha o presidente do Instituto Ethos, Ricardo Young. Com esse gesto simples, contribuímos para acabar com a farra das sacolinhas plásticas, que entopem cada vez mais os lixões das grandes cidades, além de poluir rios e oceanos.

3- Andar sempre com uma garrafinha descartável de água tornou-se um hábito saudável. Você é adepto? .Se sim, o melhor seria se adotasse garrafas duráveis, como os squeezes. Assim eles voltam para casa e você ajuda a preservar o meio ambiente.

4- Evitar a troca do celular por puro impulso é saudável. Se não resistir à tentação ou se realmente for necessário substituir o modelo antigo, pelo menos insista para que o revendedor fique com o modelo antigo para ser reciclado. Mas – claro! - certifique-se de que o destino dos celulares recolhidos não será o aterro.

5- Dar preferência ao consumo de produtos locais e da estação faz a diferença. Eles não precisam ser transportados de longa distância e, por isso, a emissão de carbono e de poluição é mínima. A última moda nos melhores restaurantes da Itália é o “cardápio 0 km”. Lá eles servem apenas pratos feitos com ingredientes provenientes de produtores da vizinhança.

6- Chá de saquinho pode ser substituído pelo chá coado na peneira. Menos lixo vai para o lixo se os restos da erva, e até o pó de café usado, forem despejados na terra das suas plantinhas como fertilizante caseiro.

7- Adquirindo produtos de boa qualidade, duráveis e realmente úteis ajudamos a diminuir a quantidade de quinquilharias que viram sucata em pouco tempo.

8- Carro requer manutenção, não tem jeito. Por isso é recomendável fazer uma regulagem periódica, sempre que possível, assim como trocar o óleo nos prazos indicados pelo fabricante e verificar filtros de óleo e de ar. Todas essas medidas economizam combustível e ajudam a despejar menos CO2 no ar.

9- Na hora das compras lembre-se de que tudo o que está nas prateleiras das lojas teve um gasto de energia elétrica e de recursos naturais para ser produzido, inclusive as embalagens. Escolher produtos com menos embalagens é sempre uma boa idéia.

10-Não é nada complicado levar o campo para dentro de casa em plena cidade grande: basta manter uma pequena horta em vasos ou mesmo num cantinho do quintal. Além da higiene mental, você colherá ervas, condimentos e hortaliças frescas diretamente da terra.

11- Levar uma sacola de pano ou de plástico durável na bolsa, na mochila ou no porta-luvas do carro evita o uso de sacolinhas plásticas descartáveis nas compras.

12- Bandejas de isopor e papel filme que embalam frutas, carnes e frios são a dupla de modernidade que está invadindo os aterros sanitários. Os dois estarão no lixo poucos minutos depois que chegar a sua casa. É interessante questionar com o gerente do supermercado se é mesmo necessário usá-los nas prateleiras.

13- Preferir madeira de reflorestamento ou certificada para qualquer uso em carpintaria de sua casa é ambientalmente correto e também mais saudável do que os aglomerados, que contêm substâncias químicas como o formaldeído, cancerígeno.

14-Não esquecer pilhas e baterias dentro dos aparelhos eletrônicos por muito tempo sem uso evita o vazamento de substâncias químicas nocivas à saúde e ao meio ambiente.

15- Antes de comprar um carro, refletir sobre o tamanho ideal para suas necessidades é muito importante. Você já fez isso? (responda abaixo). Veículos maiores consomem e poluem mais; já os modelos do tipo flex fuel estão adequados às normas de proteção ao meio ambiente. E lembre-se: prefira abastecer com etanol.

16- É inestimável o poder do consumidor. Entrar em contato com a empresa que fabricou algo que você consumiu e não agradou faz com que ela repense métodos de produção mais eficientes e sustentáveis.

17- Passar pelo menos um dia por semana sem entrar em uma loja é um bom começo de aprendizado para abolir o vício das compras compulsivas. Se entrar, ao menos recuse as sacolas plásticas e embalagens em excesso. Você tem o hábito de recusá-las? Então, registre isso aqui.

16- Prestar atenção ao que está escrito nas embalagens faz com que a gente fique sabendo o que realmente está levando pra casa. Mas é preciso ter cuidado com aquelas letrinhas minúsculas. Em geral, elas estão dizendo coisas que deveríamos saber, mas que a empresa não quer que a gente saiba.

17- Cerca de 85% da madeira retirada da floresta é consumida no Brasil, especialmente nas regiões Sul e Sudeste do país. Por isso, verificar a procedência de todo e qualquer produto feito de madeira é uma forma poderosa de interromper o círculo vicioso do desmatamento indiscriminado. Produtos com selos de certificação FSC facilitam a escolha por itens socioambiental

18- Ir ao mercado com o estômago cheio evita compras desnecessárias de alimentos. Não, não é superstição, muito menos simpatia. Já está provado que com fome somos impulsionados a colocar na cesta comida a mais do que iremos consumir durante a semana.

19-Fugir de produtos fabricados por empresas com referências suspeitas é também evitar o incentivo a itens de qualidade duvidosa, sem nenhuma garantia e produzidos à custa de trabalho socialmente injusto e mal remunerado.

20- No escritório, uma boa opção é utilizar o papel ecoeficiente ou o reciclado. A produção do ecoeficiente usa os recursos da natureza de maneira racional. Tem como matéria-prima o eucalipto plantado para essa finalidade e colhido após sete anos. Para ficar com a aparência que todos conhecem, enfrenta processo de branqueamento. O papel ecoeficiente é feito de fibra de árvores manejadas de forma sustentável, evitando o impacto negativo no meio ambiente.

21- Também no escritório é recomendável substituir o uso de copinhos descartáveis por copos duráveis e canecas para tomar café e água.

22-É possível educar as crianças na direção da sustentabilidade, dando a eles pequenas tarefas domésticas a favor da causa, como ficar de olho nas luzes acesas sem necessidade e no desperdício de água, ou separar material para reciclagem.

23- CDs e DVDs já não são a opção mais sustentável para armazenar informação, músicas e videos. Atualmente, aparelhinhos minúsculos, mas com imensa capacidade de armazenamento – os pen drives –, fazem essa tarefa com a vantagem de que são infinitamente reutilizáveis.

24- No Brasil, R$ 12 bilhões em alimentos são descartados todos os anos. É o dinheiro que basta para alimentar 8 milhões de famílias. O desperdício é maior do que o de países ricos como Alemanha e Suécia. Será que precisamos mesmo jogar tanta comida no lixo? E você? Desperdiça

25-Você já ouviu falar dos 3 Erres?Reduzir – Diminuir o consumo para reduzir a quantidade de resíduos produzidos;Reutilizar – Fazer uso dos produtos até o limite máximo de sua vida útil, reutilizar o que puder – embalagens, por exemplo – consertar em vez de descartar e doar que já não for útil para você;Reciclar - Separando restos de comida e resíduos molhados das embalagens de plástico, metal e papel que podem ser reutilizadas novam

26-Esta dica é bem conhecida, mas não custa relembrar: imprima somente o que for necessário e procure aproveitar os dois lados da folha de papel.

27- 39 mil toneladas de alimentos são jogadas fora diariamente no Brasil, o que corresponde a 30% da produção nacional. Para evitar tamanho desperdício, compre de acordo com seu consumo semanal ou diário e coloque no prato apenas o que for comer.


28-A emissão de gases pela combustão dos veículos é uma das principais causadoras da poluição e agrava o aquecimento global. Minimizar o problema, além de diminuir consideravelmente o consumo de combustível é fácil: basta pisar no acelerador suavemente até alcançar a velocidade desejada, rodando em marcha alta, mas evitando chegar à velocidade máxima.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

O Brasil é o 4º maior poluidor do clima do mundo

- O mapa acima demonstra as regiões afetadas até 2010 pelo desmatamento;
- Cerca de 75% das emissões vêm dos desmatamentos e queimadas;
E não esqueça de votar, sua participação é muito importante para nós:

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Assista...

Não deixe de assistir a História das Coisas um documentário de 20 minutos, que mostra da extração e produção até a venda, consumo e descarte, todos os produtos em nossa vida que afetam comunidades em diversos países, a maior parte delas longe de nossos olhos.
Baseado nos subterrâneos de nossos padrões de consumo que revela as conexões entre diversos problemas ambientais e sociais, e é um alerta pela urgência em criarmos um mundo mais sustentável e justo.
História das Coisas nos ensina muita coisa, nos faz rir, e pode mudar para sempre a forma como vemos os produtos que consumimos em nossas vidas.


Acesse e assita : http://sununga.com.br/HDC/

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Dialogando com o mar

Especial Casa Sustentável* – 08/2009

O design sustentável de David Trubridge
Nascido na Inglaterra e formado em arquitetura naval, o designer persegue uma ética ambiental para suas criações

David inclui, entre outros preceitos, o uso de madeiras provenientes de areas de manejo sustentável e de materiais facilmente renováveis, como o compensado de bambu, aplicado na luminária Coral .Também foge de modismos e procura empregar o mínimo de material com o máximo de efeito.
“A preocupação ecológica não é uma filosofia adquirida, mas simplesmente o modo como tenho vivido”, enfatiza. Inspirados nas paisagens do Pacífico, seus móveis primam pelo equilíbrio entre tecnologia e artesanato, curvas e vazios. Para ele, o processo de fabricação é crucial em seu ofício. “Quero criar cultura sem esgotar nossos recursos.”

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Energia solar

Você sabia que está em vigor na cidade de São Paulo, uma lei obrigatória para moradias novas que tenham quatro ou mais banheiros a instalar um aquecedor solar de água.
Ao todo existem outras 15 cidades que criaram leis semelhantes, e por isso, o mercado tem crescido 30% segundo o Diretor de Departamento de Energia Solar. Está na lei.

O equipamento necessário é uma placa coletora com serpentina de cobre, onde recebe a água e a aquece com a exposição dos raios de sol sob o telhado. Um reservatório armazena a água quente, que chega ao chuveiro e a outros pontos pela tubulação. A empresa que vende os produtos calcula a estrutura necessária.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Prefeitura realiza 8ª Reunião Ordinária do COMDEMA

Na próxima quarta feira,dia 2 de setembro, a Prefeitura Municipal de Santos realiza a 8ª Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (COMDEMA) com os seguintes ordens:
1.Leitura, discussão e aprovação da Ata da 7ª. Reunião Ordinária de 2009;
2.Palestra com o tema: “APA Marinha do Litoral Central – Parque Estadual Marinho – Laje de Santos”, pelo Oceanógrafo Marcos Campolim;
3.Comunicados da Secretaria;
4.Assuntos Gerais.
A Reunião ocorrerá às 9 hrs no Auditório da Prodesan, Praça dos Expedicionários, 10 - Gonzaga - Santos.





domingo, 30 de agosto de 2009

BioTAV é homenagiada por alunos da E.E Deputado Emilio Justo

A E.E Deputado Emilio Justo participou do desfile Cívico Militar realizado na Zona Noreste/ Santos dia 29 de agosto de 2009, com pelotão dedicado a ONG BioTAV.
Ao todo vinte crianças de crianças de segunda a quarta série usaram camisetas da ONG e foram munidos de cartazes com mensagens de preservação ambiental.
Além da faixa levada na primeira fila com os dizeres: A E.E Deputado Emilio Justo colabora com a preservação da natureza / realização ONG BioTAV.
Muito Obrigada aos pais e aos alunos da Escola que colaborarão com a direção e principalmente com a BioTAV.

BioTAV tem ação selecionada

ONG BioTAV tem ação sobre água realizada da E.E Deputado Emilio Justo selecionada entre projetos do estado de São Paulo , ao todo foram 30 projetos selecionados que serão apresentados na terça feria no Congresso sobre Bacias da Baixada Santista. realizado na cidade de Avaré. O projeto será apresentado por professores da Oficina Pedagógica da Diretoria de Ensino de Santos

A BioTAV concorre a prêmios de melhor projeto e melhor Banner.

Confira Abaixo a ação inscrita:

“ÁGUA – SABENDO USAR, NINGUÉM FICA SEM”

Esse trabalho foi elaborado pela Diretoria de Ensino de Santos, cuja abrangência limita-se aos municípios de Cubatão, Guarujá, Bertioga e Santos, encontrando-se, portanto, inserida no Comitê de Bacias da Baixada Santista.
De acordo com a Proposta Curricular de Ensino do Estado de São Paulo, para se fazer valer o currículo com espaço de cultura, o professor não se limita a suprir o aluno de saberes, mas é o parceiro de fazeres culturais, promovendo de muitas formas o desejo de aprender. Nesse sentido, a E. E. “Emilio Justo” - Santos, desenvolveu com realização daNG “BioTAV”atividades culturais referentes ao tema “ÁGUA”, cujos objetivos foram sensibilizar, conscientizar e estimular os alunos a participarem de iniciativas socioambientais, tornando-os agentes críticos capazes de se reconhecerem como integrantes responsáveis pela conservação e preservação do meio ambiente individual e coletivo. Estabeleceu-se como público-alvo, alunos das 2ª, 3ª e 4ª séries do Ensino Fundamental I, assim como, alunos das 5ª e 6ª séries do Ensino Fundamental II.
As atividades desenvolvidas foram elaboradas de maneira geral para cada ciclo, a saber: Ensino fundamental I – os integrantes da ONG “BioTAV” realizaram uma palestra abordando a importância do elemento “ÁGUA” e do seu uso racional, seguida de explanação de um conto, onde, posteriormente, os alunos confeccionaram ilustrações referentes aos assuntos comentados. Já, em relação ao Ensino Fundamental II, realizou-se uma roda de conversa para explanação do tema “ÁGUA – SABENDO USAR, NINGUÉM FICA SEM”, utilizando-se panfletos, a partir dos quais, os alunos elaboraram cartazes de divulgação e multiplicação do aprendizado.
Segundo relato dos professores, os alunos foram bastante receptivos, interagindo de maneira positiva com os palestrantes, resultando em um enriquecimento efetivo do currículo escolar.


Vote na BioTAV que está concorrendo ao Prêmio Comunidade em Ação 2009 - http://sat.grupoatribuna.com.br/atribuna/2009/comunidadeacao/projeto_ver.asp?idprojeto=13

sábado, 29 de agosto de 2009

Princípios da Campanha Tic Tac

CAMPANHA GLOBAL DE AÇÕES PELO CLIMA - BRASIL (GCCA-BR)
É a iniciativa brasileira conectada à GCCA: campanha global que visa sensibilizar os governos de países chave em todo o mundo, para que a COP15 - Conferência do Clima a ser realizada em dezembro/09 em Copenhague - represente um avanço decisivo no processo de enfrentamento das mudanças climáticas.

Objetivo: Conseguir do governo brasileiro um posicionamento mais firme e ousado na CoP15, tanto assumindo compromissos concretos, quanto ampliando sua posição de liderança positiva, propondo ações e metas ambiciosas, vinculantes e conseqüentes, alinhadas com os mais recentes conhecimentos científicos e com os interesses estratégicos de longo prazo do Brasil e do Mundo.
Para isso, reconhecendo que há também outras medidas de grande importância e pelas quais é preciso empenhar-se, a GCCA-BR propõe que o governo brasileiro comprometa-se a trabalhar na COP15 visando pelo menos a seguinte:

PLATAFORMA MINIMA:
Criar um novo marco internacional, garantindo que o aquecimento global ficará bem abaixo dos 2º C em relação à média da era pré-industrial;
Estabelecer metas e mecanismos para que, antes de 2020, se inicie a trajetória descendente das emissões globais de gases do efeito-estufa;

Estabelecer metas ambiciosas e rígidas de redução de emissões de gases do efeito-estufa pelos países desenvolvidos, garantindo, no máximo até 2020 a redução de pelo menos 40% das suas emissões, em relação aos níveis de 1990;

Fomentar uma redução substancial na curva de crescimento de emissões dos países em desenvolvimento, inclusive com o estabelecimento de objetivos mensuráveis e medidas nacionais apropriadas para os mesmos;
Estabelecer legalmente mecanismos financeiros para viabilizar a redução de emissões e programas da adaptação nos países em desenvolvimento, para atender as áreas e comunidades mais vulneráveis às mudanças climáticas;
Aprovar a criação de soluções e mecanismos de REDD (Redução das Emissões do Desmatamento e Degradação Florestal) capazes de estimular e recompensar os países tropicais pela redução do desmatamento e das emissões a ele associadas, e pela conservação florestal em seus territórios, de forma justa e que assegurem direitos de populações indígenas e tradicionais e que sejam consistentes com a sustentabilidade do desenvolvimento humano;

Adotar medidas e políticas, em diversas escalas, que promovam a sustentabilidade e dignidade do desenvolvimento humano e a integridade dos processos ecológicos essenciais, mediante a transformação da economia e o fortalecimento da democracia.

Estratégia: Mostrar ao governo brasileiro que, além das evidentes motivações estratégicas e científicas para as posições defendidas na plataforma mínima acima, há também um clamor da sociedade brasileira nessa direção, tanto por parte de suas lideranças, quanto por parte da sociedade civil organizada e da população em geral.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Reveja suas atitudes

Pense nas informações abaixo e reveja suas atitudes, afinal já passou da hora de TODOS nós fazermos ações em beneficio do planeta.
- O mundo ficará 3º mais quente até 2100
- O Brasil é o 4º maior poluidor do clima do mundo. Ficando atrás apenas dos EUA , China e Rússia.
- Uma pessoa consome 100 kW/h por mês , que gera uma emissão de 40 quilos de CO2
- Hoje 1,1 Bilhão de pessoas não têm acesso a água doce.
- Um carro popular movido a gasolina libera 3,8 toneladas de CO2 na atmosfera por ano.
- Apenas 2% do lixo de todo o Brasil é reciclado.
- Uma garrafa de plástico ou vidro leva arte 1 milhão de anos para se decompor.
- A cada 50 quilos de papel reciclado, uma árvore deixa de ser cortada.
- 76% do lixo coletado é depositado em lixões ou aterros a céu aberto.
- A quantidade de lixo produzida diariamente por um ser humano é de 5 quilos.
- Cada litro de óleo contamina até 20 mil litros de água.
- Uma lata de alumínio demora 80 a 100 anos para se desintegrar.
- 240 mil toneladas de lixo por dia são produzidas no Brasil. 40% não são recolhidos e vão parar nos mares.
- Em 38% das cidades brasileiras a poluição dos rios e enseadas já é detectada e em 77% das cidades do Rio de Janeiro.
-Em 2050, 45% da poluição mundial não poderá contar com a mínima individual de água para necessidades básicas.
-Seis de sete espécie de tartarugas marinha estão ameaçadas de extinção.
- Pelo menos 30% do CO2 gerado pelas atividades humana é absorvido pelos oceanos.
-33% de todos os municípios brasileiros são atingidos pela contaminação do solos.
-O índice do desperdício de água no Brasil chega a 40%.
- 82 espécies de mamíferos estão ameaçadas de extinção no Brasil.
-1 milhão de sacolas plásticas são consumidos por minutos.
- O Brasil é o pais com o maior numero com pássaros em extinção no mundo.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Ecocity

No atual cenário mundial ,onde as mudanças climáticas e os problemas ambientais mostram numero cada vez mais alarmantes. Ganhasse cada vez mais importância uma cidade que seja idealizada para ser totalmente sustentável, como Dongtan, na China.
Essa cidade pode ser chamada de Ecocity e tem sua primeira fase do projeta pronta em 2010 e inicialmente terá 10 mil moradores podendo ter até 2050 500 mil habitantes.Os prédios deverão consumir menos água e energia (gerada em usinas solares e eólicas) e reciclar até 80% do lixo.

Não se esqueça de vota na BioTAV :
Link:.http://sat.grupoatribuna.com.br/atribuna/2009/comunidadeacao/projeto_ver.asp?idprojeto=13

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Praia não é LIXÃO!


Crítica
Bitucas de cigarro, copos plásticos, palitos de sorvetes. Esses itens são alguns dos que são encontrados nas areias das praias brasileiras, principalmente na temporada de verão, onde o número de pessoas que frequentam o local aumenta.
Mas o que falta fazer nesses locais? Percebe-se que o cesto de lixo é um fator importante para o começo na luta contra a depredação do meio ambiente. Analisando algumas as cidades que fazem parte da Baixada Santista, como Santos, Praia Grande e Itanhaém, só foram encontrados cestos de lixo a menos de 100 metros da praia em Santos. Mesmo assim, alguns cestos já estavam quebrados.
Como fazer que a população não jogue lixo nas praias, se nem existe a possibilidade de lixeiras perto desses locais? A responsabilidade também é da prefeitura de cada cidade proporcionar não só nos feriados ou temporada de verão a conscientização, mas sim de dar ao próprio morador as lixeiras perto da praia.
Analisando essa situação dos lixos nas cidades, um que chama muito a atenção, é a aquele tipo de lixo feito com concreto (encontra-se em lugares como cais ou centro da cidade), porque atrás ele é aberto. Isso faz com que o lixo depositado nesses tipos de lixeiras caia nos rios ou fique no meio da cidade. Um exemplo é o cais de Itanhaém, localizado no próximo ao bairro do Ivoty. O lixo é colocado nessas cestas e ao anoitecer tudo fica espalhado. Resultado: Ratos para todos os lados.

sábado, 22 de agosto de 2009

BioTAV - Concorre a prêmio - Vote!

A ONG BioTAV está concorrendo ao Prêmio Comunidade em Ação 2009 uma uma parceria de A Tribuna e da CPFL Piratininga, que tem por objetivo divulgar boas ações e incentivar o voluntariado na região.
Em seu sétimo ano, o projeto implica na publicação de reportagens sobre 15 projetos sociais a reportagem da BioTAV foi realizada na Escola E.E Deputado Emilio Justo no dia 03/06/09 .

É muito importante para nós que você vote e nos ajude a ganhar esse prêmio, na categoria voto popular no site: http://sat.grupoatribuna.com.br/atribuna/2009/comunidadeacao/projeto_ver.asp?idprojeto=13

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

BioTAV - Em ação

A BioTAV voltou a realizar suas ações na E.E Deputado Emilio Justo hoje, sexta feira dia 21 de agosto de 2009. Depois das férias, foi muito gratificante ver que realmente as crianças esperavam a nossa volta para a escola.
Hoje realizamos a BioART , transformação de materiais reciclados em arte, trazendo para a sala de aula a realidade ambiental.
Com a segunda série, na oficina de arte produzimos um avião feito com garrafa pet e papelão com os meninos, e uma bolsinha feita com caixa de leite e papel de seda rosa com as meninas.
Já com a quinta série e sexto ano iniciamos a produção do BioZINE, os fanzines são publicações de caráter diferenciado, que são distribuídas e/ou publicadas, pelos próprios realizadores. Pesquisamos temas para realizar as matérias, iniciamos a produção da capa e lemos algumas matérias de outros veículos de comunicação.Os alunos do ensino fundamental ficaram muito animados com o Zine e essa animação nos contagiou e deu novas motivações para a realização do nosso trabalho



Na próxima segunda-feira, 24 de agosto, acontecerá o II Simpósio Brasileiro de Construção Sustentável, em São Paulo. O objetivo do evento é discutir medidas sustentáveis para um dos setores que mais sofre com o desmatamento.
Organizado pelo Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS), os temas do simpósio estão dividivos em Importância da Construção Civil nas Mudanças Climáticas, Inovações e Soluções em Eficiência Energética, Desafios da Sociedade frente às Mudanças Climáticas e Gestão e Inovação na Construção Sustentável.
É importante unir tecnologia com o desenvolvimento de projetos ambientais. Com isso, o país ganha na economia e o meio ambiente agradece.

FONTE: http://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?21080/WWF-Brasil-apoia-simposio-sobre-sustentabilidade-na-construcao-civil

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Parques Eólicos no Brasil

Quinta – feira dia 20 de agosto de 2009 deve ser lembrada por todos aqueles que apóiam atitudes que tragam benefícios ao meio ambiente.
Está sendo inaugurado, o primeiro da série de três parques eólicos de praia de Prajuru, fica no Ceará 100 km de Fortaleza, os outros parques serão construídos em Aracajú.
Esses parques terão capacidade de produzir cerca de 99,6 MW, e requerem investimento aproximado de R$ 550 milhões.
Outros parques estão sendo elaborados e terão potencia de 217 MW, serão instalados em Santa Catarina e azem parte do programa do Proinfa - Programa de Incentivo a Fontes Alternativas de Energia Elétrica, criado pelo Governo Federal em 2002, e coordenado pelo Ministério das Minas e Energia. Por enquanto, o Brasil produz menos de 500 MW por ano.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Hipótese revela que poluição faz caranguejo mudar de sexo

Uma substância usada para pintar cascos de barcos pode ser responsável pela troca de sexo de caranguejos fêmeas, para hermafroditas. Esses crustáceos foram encontrados no Sudeste do Brasil.
Como os caranguejos classificados como ermitões não possuem a característica de apresentar os dois sexos, a explicação de que o composto TBT (tributilestanho) seja o responsável pela mudança, já que estudos comprovam isso.
Um estudo levantado pelo biólogo Bruno Sant’Anna, da Unesp, mostra que foram encontrados ermitões na região da Baixada Santista. Ele acredita que a fêmea começa a produzir hormônios de macho.

Fontes: http://www.brasiloeste.com.br/noticia/883/
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ambiente/ult10007u610702.shtml

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Moda Verde

Texto escrito pelo colaborador André Righini ( Voluntário da BioTAV) , estudante de Faculdade de moda e Personal Stylist Formado .

Ouve-se falar muito que o ecologicamente correto está na moda, que essa é a onda do momento; mas pouco se fala sobre as verdades relacionadas a esse tema.
A industria do vestuário não fica pra trás, e lançam no mercado linhas de roupas que ‘’vieram para salvar o mundo’’.
Feitas com materiais orgânicos, que não agridem o meio ambiente, essa grifes precisam enfrentar um grande obstáculo: o preço. Vai levar tempo para convencer os consumidores a pagarem mais por peças ecologicamente corretas. Essas roupas chegam a custar 30% mais caro do que as sintéticas.
Existe outra barreira para esse negocio verde, numa plantação de algodão, por exemplo, não poderia ser usado agrotóxico, o que dificulta ainda mais o controle das pragas.
As pessoas (infelizmente) ainda não estão preparadas para salvar o mundo, é preciso ser realista. A produção de algodão orgânico, por exemplo, representa apenas 1%, e o Brasil ainda nem faz parte desse pequeno nicho de mercado.
É claro que como em qualquer lugar do mundo existem pessoas dispostas a pagar (muito) mais por essas peças ecologicamente corretas.
Os estilistas e as industrias precisam trabalhar exaustivamente para produzir roupas ‘’verdes’’ com a mesma característica, design, qualidade e preço de peças sintéticas.
Muitos profissionais dizem que essa nova onda politicamente correta é passageira, e muito mais para ligar as empresas a causas ambientais, ou seja, pura estratégia de marketing.
Diversas grifes que se dispuseram a confeccionar coleções ambientais tiveram um resultado desastroso, as vendas foram um fiasco.
É preciso pensar no que é ecologicamente correto e economicamente viável. Será mesmo que o mundo esta preparado para essa nova tendência? Ou é apenas moda?

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Pizza sustentável

Depois de comer aquela pizza deliciosa, o que fazer com a caixa de pizza vazia?
Jogar no lixo seria a resposta mais comum , mas, o designer brasileiro Constantino Kostakis se cansou de produzir lixo e resolveu inovar, criando brinquedos feitos a partir da caixa de pizza.
Em pouco tempo uma caixa se transforma em quebra cabeça, formigas, dinossauros e outros bichos. Esses brinquedos podem ser montados e desmontados a qualquer momento e estão a venda em todo o Brasil, Estados Unidos , Japão e Europa.
Uma alternativa sustentável para diminuir o lixo domestico e estimular a imaginação da criançada.

domingo, 16 de agosto de 2009

Vamos ajudar o Planeta Parte II

Transforme-se em um cidadão sustentável pequenas atitudes podem ajudar muito o planeta!

15. Já reparou na quantidade de copos de plástico jogados no lixo no fim do expediente? Mude isso: traga de casa sua própria caneca ou uma garrafinha para água. Você ditará moda entre os colegas.


16. Quando precisar dos serviços de um portador prefira chamar um bikeboy, em vez de um motoboy. Além de mais barato, ele entrega seus documentos com maior rapidez. O que é melhor: sem poluir o ar nem provocar engarrafamentos.

17 .Coloque nos seus planos trocar seu monitor comum por um de LCD. Eles são mais econômicos, ocupam menos espaço na mesa e estão ficando cada vez mais baratos.

18. Economize CDs e DVDs, que são feitos de plástico. A onda agora usar e abusar de mídias regraváveis como CD-RW ou DVD-RW, drives USB ou mesmo utilizando e-mail para carregar ou partilhar arquivos.

19. Imprima somente o que for mesmo necessário e procure aproveitar os dois lados da folha de papel. Tá certo, essa é uma daquelas dicas que você conhece bem. Mas a está colocando em prática?
Não troque seu celular por puro impulso. Se não resistir à tentação de comprar aquele modelo que só falta falar, ao menos deixe o seu modelo antigo na revendedora para reciclagem.

20 .Esqueça-se do elevador e use mais a escada se tiver de subir ou descer um ou dois andares. Afinal, além da economia de energia elétrica, tanto esforço pode resultar em um corpinho mais saudável.

21.Faça seu dinheiro trabalhar a favor de causas nobres. diga ao gerente do banco que você quer aplicar em investimentos socialmente responsáveis, os ISRs. Dessa forma, seus lucros virão de empresas que respeitam práticas ambientais e trabalhistas.

22. Exerça a cidadania. A internet e o telefone são bons canais de comunicação com representantes de sua cidade, seu estado ou país. Mobilize-se e certifique-se de que seus interesses e os da comunidade sejam atendidos.

23. "Plante uma árvore. Ela pode absorver até 1 tonelada de CO2 durante sua vida e é bom abrigo para aves”, ensina Xico Graziano, secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.

24. Paticipe de sua comunidade, seja voluntário de uma instituição próxima da sua casa ou do trabalho. Doe um pouquinho do seu tempo para quem precisa.

25. Conscientize seus filhos dos problemas com o aquecimento global sem fazer terrorismo. A idéia não é deixá-los sem esperança, mas bem informados e dispostos a cuidar melhor do planeta que as gerações passadas.

26 . Convença aquele amigo, parente ou vizinho mais cético de que as atitudes aqui sugeridas podem ajudar a mudar o mundo para melhor. Se você é o cético, comece a convencer-se disso. Afinal, alguém tem de fazer alguma coisa para reverter esse jogo a favor da sustentabilidade.

27. Fuja da alienação e influencie pessoas. Estar sempre bem informado também é um bom exemplo de atitude cidadã. Procure ler mais para ficar atualizado nos assuntos de interesse geral como política, economia, meio ambiente .

Fonte: Manual de Etiqueta - Planeta Sustentável

sábado, 15 de agosto de 2009

Vamos ajudar o Planeta Parte I


Precisamos nos unir e realizar o maior número de ações pró - meio ambiente possível. O Planeta está pedindo socorro e só nos podemos salva-lo, estamos em um estágio que não adianta apenas fazer a nossa parte, temos que fazer a nossa parte e a próximo!

Confira agora dicas para somar forças nessa luta a favor do Planeta!

1. Na hora de comprar um carro, faça um cálculo simples de qual o tamanho ideal para suas necessidades. Veículos maiores consomem e poluem mais. Modelos do tipo flex fuel estão adequados às normas de proteção ao meio ambiente. Lembre-se: prefira abastecer com etanol.

2. Compartilhe seu carro. “Pratique a carona solidária e diminua a emissão de poluentes, levando pessoas que fariam o mesmo trajeto separadamente”, recomenda o ambientalista Fábio Feldmann. Você vai se tornar o cara mais simpático da cidade

3. Tem atitude mais grosseira que atirar lata ou outros dejetos pela janela do carro? O castigo para essa gafe é garantido: os resíduos despejados na rua são arrastados pela chuva, entopem bueiros, chegam aos rios e represas, causam enchentes e prejudicam a qualidade da água que consumimos

4. Os aparelhos que ficam dia e noite em modo stand by são mais uma nova invenção em nome do conforto. Só esqueceram de dizer que isso consome energia sem necessidade. Puxe a tomada de todos eles quando não estiverem em uso e tenha certeza: o valor de sua conta de luz vai cair bastante.

5. Viva seu dia com luz natural. Abra janelas, cortinas, persianas, deixe o sol entrar e iluminar sua casa em vez de acender lâmpadas. Além de fazer muito bem ao seu humor, você também vai economizar dinheiro no fim do mês.

6. Idéia luminosa é trocar as lâmpadas incandescentes do banheiro, da cozinha, da lavanderia ou da garagem pelas fluorescentes. O motivo é para lá de convincente: elas duram até 10 vezes mais, são mais eficientes e economizam até um terço de energia elétrica.

7. Pendure as roupas no varal em vez de usar a secadora. Recorra a ela apenas em casos mais urgentes. E aquele truque de colocar panos e roupas para secar atrás da geladeira deve ser abolido, pois consome energia extra.

8. Muito luxo produz muito lixo. Pense antes de sair comprando tudo o que aparecer. Com essa atitude você faz a diferença, combatendo o desperdício, diminuindo a montanha de embalagens descartadas e, de quebra, espantando as dívidas.

9. Despreze os produtos descartáveis. Escolha os feitos para serem duráveis, como era nos tempos de nossos avós. Tenha a certeza de que com essa simples atitude você estará dando o pontapé inicial para diminuir a quantidade de lixo que a humanidade produz.

10. Pare e pense bem antes de descartar todos aqueles objetos que já não interessam mais a você. Que tal doá-los a alguma entidade assistencial? Esse material que está apenas ocupando espaço em sua casa certamente será útil para muita gente

11. Um dos grandes problemas da poluição dos mananciais vem de um hábito difícil de mudar: jogar o óleo de fritura usado no encanamento. Um litro de óleo pode contaminar até um milhão de litros de água. Separe o óleo em garrafas PET e entre em contato com a BioTAV

12. Ao fazer compras, leve sua própria sacola, de preferência as de pano resistente”, aconselha o presidente do Instituto Ethos, Ricardo Young. Com esse gesto simples, você deixará de participar da farra das sacolinhas plásticas, que entopem cada vez mais os lixões das grandes cidade

13. Procure saber a procedência dos produtos que você consome. Fuja de produtos de empresas com referências suspeitas. Adote o costume de ler as embalagens e ligar para o serviço de atendimento ao cliente quando tiver alguma dúvida sobre o produto.

14. Prefira o papel ecoeficiente ou o reciclado. A produção do ecoeficiente usa os recursos da natureza de maneira racional. Tem como matéria-prima o eucalipto plantado para essa finalidade e colhido após sete anos. Para ficar com a aparência que todos conhecem, enfrenta processo de branqueamento. O papel ecoeficiente é feito de fibra de árvores manejadas de forma sustentável, evitando o impacto negativo no meio ambiente.

Confira amanhã a segunda parte das dicas ambientais.

Fonte: Manual de Etiqueta - Planeta Sustentável

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

SOS Mata Atlântica - XIXI NO BANHO



Você sabia que fazendo Xixi no Banho economiza 1 descarga por dia que é o equivalente a 12 litros de Água potavél?
Gastando menos água ajudamos a natureza, preservamos os recursos naturais e as nascentes dos rios!

Participe dessa campanha!


Informações: http://www.xixinobanho.org.br/

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Ecobarreiras

O Inea – Instituto Estadual do Ambiente implantou no Rio de Janeiro, o projeto "Rio Ama os Rios" que tem como principal objetivo reaproveitar o lixo que diariamente é encontrado na Baía do Guanabara e no Sistema Lagunar da Barra da Tijuca – composto pelas lagoas de Jacarepaguá e Tijuca.
A ação é instalar dentro dos rios "Ecobarreiras" que são feitas com garrafas Pet’s, com a missão de conter resíduos que são despejados nas águas dos rios e encaminhá-los para centros de reciclagem.
A população que vive em torno das margens dos rios recebe treinamento para se tornar Ecogaris, e atuar na separação do lixo que ficam presos na ecobarreira. Os materiais necessários como balança e equipamento de segurança individual – são doados por Cooperativas de Reciclagem.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Celular de milho

Fonte: Revista Globo Rural
A empresa sul-coreana Samsung acaba de lançar um novo "celular verde": o Reclaim M560. O produto é um smartphone feito com 80% de materiais recicláveis - sendo a maior parte bioplástico produzido a partir de milho.
O aparelho oferece todas as tecnologias mais avançadas de um celular, caso de Internet 3G, GPS, e acesso a redes sociais como Facebook e Twitter com apenas um clique. A companhia eliminou ainda o manual em papel e a embalagem (também reciclável) vem com uma impressão feita com tinta à base de soja. O produto será vendido em 2 cores diferentes: verde (Earth Green) e azul (Ocean Blue).
Embalagem do Reclaim M560 tem impressão feita com tinta à base de soja
Além das vantagens verdes embutidas, a cada venda do aparelho serão arrecadados US$ 2, posteriormente revertidos para programas ambientais da ONG internacional The Nature Conservancy.
O Reclaim M560 começa a ser vendido nos Estados Unidos em 16 de agosto, por cerca de US$ 50. Ainda não há previsão de quando o aparelho começará a ser vendido no Brasil.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

BioTAV


Pequenas ações individuais são a maior força transformadora que podemos conhecer, ter uma atitude consciente em relação aos hábitos de consumo é a melhor (é talvez única) maneira de mudar o mundo!
É muito importante para a BioTAV ter mais um integrante nessa família somando forças , venha nos ajudar!
Assista o vídeo com as Ações ralizadas pela ONG BioTAV na Escola Estadual Deputado Emílio Justo em Santos.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Campanha


Quantas sacolas descartáveis você recusa por dia?

Para provocar a reflexão sobre a importância de reduzir as sacolas descartáveis do cotidiano, o Planeta Sustentável criou uma campanha diferente: através de um contador - localizado no canto direito do Blog - você pode registrar a quantidade de sacolas descartáveis que recusar a cada dia. Para cada NÃO, um clique. Que tal participar? A BioTAV faz prte dessa campanha, faça você também!

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

BioTAV - Reciclagem de óleo




Certamente você já ouviu falar que o óleo de cozinha jogado pelo ralo da pia provoca grandes danos ao meio ambiente, um litro de óleo pode contaminar até um milhão de litros de água .


Se você lembrar que somente 1% da água do planeta é potável, dá pra ter uma idéia do tamanho do estrago que você pode fazer ao jogar na pia inocentemente aquele óleo que sobrou da batata frita.


Ao ser transportado pelo encanamento , o óleo chega ao rios impedindo os peixes de respirar e viver de forma natural em seu habitat .
Após utilizar o óleo de fritura, deixe-o esfriar para evitar o risco de queimaduras.


Despeje o óleo usado em garrafa pet ou recipiente de vidro com tampa para armazená-lo.


Pronto! Agora entre em contato com a ONG BioTAV que nós vamos coletá-lo e dar o destino correto.


O que se pode fazer com óleo reciclado ?
· Biodiesel
· Resina para tintas
· Sabão caseiro e detergentes

Contato: biotav@gmail.com

sábado, 1 de agosto de 2009

Pen drive ecológico

Foto : Divulgação

A empresa ATP exibiu na feira de tecnologia Cebit, na Alemanha, um pen drive com estrutura feita de milho. O produto “verde” chamado EarthDrive já está disponível no mercado: o modelo com capacidade de 4 GB custa cerca de US$ 33 nos EUA, enquanto o de 8 GB sai por US$ 60.

Segundo o fabricante, o pen drive usa a maior quantidade possível de produtos biodegradáveis, facilitando assim a reciclagem quando o produto for descartado.

Fonte: Portal G1

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Tintas saudáveis

A lei Federal nº. 11 762 que entrou em vigor no mês de fevereiro restringe o uso de chumbo em tintas de parede para menos de 0,06%.
Hoje, nenhuma marca de tinta leva metal em sua composição, o próximo passo deverá ser o uso de compostos orgânicos voláteis (COVs), substâncias presentes em tintas à base de solvente.
DICAS PARA UMA ESCOLHA CONSCIENTE:
- Adquira produtos de empresas que estão na lista de conformidade do Programa Setorial da Qualidade, do Ministério das Cidades
- Privilegie os fabricantes integrantes da Abrafati. Eles participam do Coatings Care, programa internacional que incentiva a redução do consumo de energia e água no processo produtivo.
- Prefira tintas látex à base de água, terra ou pigmentos minerais, menos agressivas à saúde e ao ambiente, do que aquelas que usam solvente.
- Argamassas pigmentadas e tintas à base de cal são boas opções, porque duram mais e não contêm biocidas tóxicos.
- Verifique a durabilidade e o rendimento. Consumindo menos, você também diminuirá os impactos ambientais.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Surfistas unidos pelo Meio Ambiente

Os surfistas resolveram se juntar e criar uma a Aliança dos Surfistas pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade, o principal objetivo é tentar reduzir os impactos do surf no meio ambiente.

O Programa Surfe Sustentável da Ecosurfi - Entidade Ecológica dos Surfistas, teve a iniciativa junto com a Associação Ubatuba de Surf e da prefeitura de Ubatuba.


PROPOSTA
Ao longo do ano, serão realizados seminários de conscientização no estado de São Paulo, que prevêem rodas de conversa, oficinas lúdicas, palestras e vídeos seguidos de uma dinâmica para entender qual é a percepção dos surfistas a respeito do surfe e da própria interação que eles têm com o meio ambiente. A partir do conhecimento e das perspectivas dos participantes, serão colhidas propostas que, futuramente, serão dispostas em um documento, a Carta de Responsabilidades dos Surfistas para Sociedades Sustentáveis.

A proposta-base terá alguns eixos básicos:
- aquecimento global;
- o papel do surfista;
- surfe e gestão costeira;
- cultura do surfe e consumo crítico;
- surfe e juventude pelo meio ambiente.


Alguns encontros já aconteceram em Ubatuba e reuniu pessoas ligadas ao surf juntando diversas pessoas desse segmento (Principal Objetivo da Aliança). Os próximos encontros aconteceram em SANTOS em Agosto e na cidade de São Paulo em Setembro.

A maior motivação desses encontros é fazer com que os surfistas escolham conscientemente.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Assista!

Documentário Nosso Planeta, Nossa Casa!



Com uma combinação de sons, imagens impressionantes da Terra vista do céu e uma narração sobre os danos ambientais causados pela humanidade ao planeta, o documentário Home - Nosso Planeta, Nossa Casa é um projeto ambicioso do cineasta Luc Besson e do diretor Yann Arthus-Bertrand que tem como objetivo despertar a atenção para a devastação ambiental e chamar uma ação global.E para alcançar o maior número possível de pessoas, Bertrand e Besson decidiram lançar o filme gratuitamente, em 87 países com dublagens em 14 línguas.

Faça sua parte!


O mote da campanha é: “somos milhões de pessoas conectadas à comunidade Vivo. E milhões de pessoas podem muito. Podem transformar o mundo. Se nos mobilizássemos para a reciclagem de celulares, centenas de toneladas de materiais seriam reaproveitadas. A Vivo acredita nesta idéia. Por isso, disponibiliza mais de 3.400 pontos de coleta para você reciclar o seu celular, bateria ou acessório sem utilidade. Já coletamos milhares de aparelhos, viabilizando a reciclagem de toneladas de metais e plásticos, que retornaram ao mercado para produção de novos produtos”.
A verba arrecadada com a venda desses produtos reciclados está financiando iniciativas de conservação da fauna e flora brasileiras e de nascentes de rios, desenvolvidos pelos projetos Mico-leão-da-cara-preta, Mico-leão-preto e Nascentes Verdes Rios Vivos, do IPE.
Para realizar a doação, dirija-se às Lojas Vivo, onde encontrará uma urna de coleta de celular, baterias e acessórios. Antes de depositar o aparelho usado, verifique se está desligado. Preencha e assine duas vias do termo de doação, que fica exposto na própria urna. Uma via fica com o doador e a outra deve ser depositada com o aparelho, baterias ou acessórios.
O celular usado pode ser de qualquer modelo ou operadora.
Fonte: Instituto Ipê

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Lixão Inglês

SÃO PAULO - Os contêineres com 1.400 toneladas de lixo ilegalmente trazidas para o Brasil devem ser devolvidos ao Reino Unido, anunciou neste domingo em Londres a Agência Britânica de Meio Ambiente. De acordo com a agência, cerca de 89 contêineres de lixo foram achados no Brasil, e os governo estão negociando sua repatriação.

Fonte: A Triuna On Line

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Fique Ligado!

Ninhos de aves brasileiras

O mundo variado e encantador construído pelas aves brasileiras está em cartaz no jardim do MCB. Com imagens de Dante Buzzetti e Silvestre Silva, a mostra apresenta os ninhos e a imensa quantidade de materiais, formatos e técnicas construtivas de cada espécie. São “casas” em cumbucas, na ponta das folhas, em cupinzeiros, no barro, camufladas, em colônias, penduradas, no oco das árvores e no entorno humano. Na abertura da mostra, que nasceu do livro “Berços da vida – Ninhos de aves brasileiras”, da Editora Terceiro Nome, haverá uma conversa sobre a aventura de encontrar e registrar ninhos em todo o país.


Dante Buzzetti cursou Engenharia Civil, Administração e, para acompanhar sua vocação de observador da natureza, fez Biologia e tornou-se ornitólogo. Há muitos anos fotografa os ninhos e a vida das aves recém-nascidas, encontradas por ele em seus estudos e pesquisas realizados em vários locais do Brasil, em especial em viagens para prestar consultorias que envolvem estudos ambientais.


Silvestre Silva, fotógrafo e jornalista, caminha há 30 anos por matas, praias, serras, planícies, cerrados e sertões brasileiros, captando em imagens as manifestações da vida natural. Em parceria com instituições e pesquisadores de áreas especializadas, agrega às suas buscas a informação científica. É autor de livros como Flores do alimento, Frutas Brasil frutas e Frutas no Brasil.


Exposição “Ninhos de Aves Brasileiras”
Data: de 18 de julho a 5 de setembro
Horário: de terça a domingo, das 10h às 18h
Local: Museu da Casa Brasileira Endereço: Av. Faria Lima, nº 2705, Jardim Paulistano – São Paulo/SP Ingresso: R$ 4,00 – Gratuito aos domingos e feriados
Mais informações pelo telefone (11) 3032-3727

terça-feira, 14 de julho de 2009

Telhado Verde

Paulistanos preocupados com o meio ambiente resolveram revolucionar os telhados de suas casas, empresas ou apartamentos de cobertura, instalando jardins que podem ser chamados como “telhados verdes”.
Existem algumas vantagens de ter esse eco teto, além de colaborar com a preservação ambiental, quem opta por esses recursos reduz cerca de 30% o valor da conta de luz, a temperatura cai 5 graus no verão e aumenta 5 graus no inverno, diminuindo o uso de ar-condicionado e aquecedor.

BENEFÍCIOS DE TER UM ECO TETO:
- Mantém boa a umidade relativa do ar;
- Enriquece a biodiversidade ao atrair animais como pássaros, borboletas, lagartixas e joaninhas;
- Minimiza o problema da impermeabilidade do solo;
- Valoriza e embeleza o projeto do imóvel;

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Sacolas Plásticas X Meio Ambiente


Certamente você já ouviu falar que as sacolas plásticas demorarem muito tempo para se decompor e que seu uso em excesso pode prejudicar muito o meio ambiente.
Com o slogan Saco é um saco, o Ministério do Meio Ambiente lançou no dia 23 de junho, a campanha “Saco é um saco: Pra cidade, pro planeta, pro futuro e pra você”. A campanha para o uso na medida certa, ou seja, consciente dessas sacolas, pois, materiais plásticos demoram cerca de 400 anos para se decompor.

O ministério do meio ambiente detectou que uso dessas sacolas uma característica da sociedade brasileira: o reuso para o acondicionamento de lixo, que acontece em todas as classes sociais. Introduzidas na década de 1980, elas causaram uma revolução na coleta de lixo, principalmente para as populações de classe baixa, que não compravam – e ainda não tem o costume de comprar - sacos de lixo por causa do preço.Uso de maneira correta das sacolas faz parte do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente - que incentiva os países participantes a realizar ações de mudanças na produção e no consumoSeja consciente se cada um fizer sua parte, juntos mudaremos a realidade ambiental que vivemos!

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Carta aberta à sociedade

Conferência Internacional Ethos 2009 divulga carta aberta à sociedade contra o desmonte da legislação ambiental brasileira

São Paulo, 18 de junho de 2009

A sociedade humana vive, no século 21, os dilemas e as esperanças de uma civilização construída sobre os desatinos e os avanços incomparáveis da ciência, da arte e do conhecimento em geral sobre a natureza. Mas chegamos ao limite e precisamos de uma transformação radical na economia. Trata-se de construir uma civilização cujo modelo de produção e consumo preserve as riquezas naturais, inclua milhões de pessoas até agora à margem de qualquer progresso e garanta os recursos necessários para uma sociedade justa e sustentável, objetivo de todos nós. O Brasil pode ser liderança neste processo por vários motivos: possui a maior floresta tropical do mundo; a matriz energética tem fontes renováveis e limpas; e os recursos ainda incontáveis da biodiversidade garantem a base para as inovações tecnológicas necessárias ao novo modelo em construção. No entanto, o que estamos fazendo com tudo isso? Ignorando nosso maior patrimônio para o século 21 e, ao agir assim, condenando o país a um papel secundário no novo mundo da sustentabilidade que está surgindo. Nossa enorme perplexidade é verificar que, no início de um novo século, com os desafios que temos, ainda existam políticos e empresários descomprometidos que se apropriam do Estado para benefício particular, privilegiando o lucro imediato à custa do interesse maior da nação brasileira. Esta falta de visão de futuro fica ainda mais evidente com os ataques que a legislação ambiental brasileira vem sofrendo. A aprovação, no Congresso Nacional, da MP 458, conhecida como MP da Grilagem - que, entre outras medidas, promove a legalização de terras ilegais, é a mais recente demonstração de que há um projeto em andamento para desmontar a agenda ambiental, duramente conquistada nos últimos anos e que dá ao Brasil posição privilegiada para enfrentar as conseqüências das mudanças climáticas. A quem interessa o desmatamento? A sociedade brasileira precisa se mobilizar para separar o joio do trigo. Nós, participantes da Conferência Internacional do Ethos, podemos afirmar enfaticamente que a maioria das empresas aqui instaladas está interessada em promover negócios responsáveis e, junto com as demais forças da sociedade civil organizada, vem buscando o desenvolvimento sustentável. Infelizmente, ainda há os que fazem o contrário. Para estas pessoas, ambiente é obstáculo. Nós, no entanto, queremos enfatizar que o Brasil hoje tem enorme importância no mundo por ser um dos países com maior patrimônio ambiental ainda preservado e, portanto, com maior potencial de desenvolvimento econômico e social sustentável. Por isso, aqui reunidos neste ato público, manifestamos nossas intenções de:
  • Conclamar a Presidência da República a vetar os três artigos da MP 458, conforme a Carta Aberta da senadora Marina Silva encaminhada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva
    Conclamar o presidente Lula a assumir a liderança da agenda ambiental como central na estratégia do desenvolvimento social e econômico do Brasil;
  • Conclamar o Congresso Nacional a assumir sua responsabilidade frente à agenda ambiental brasileira;
  • Conclamar as empresas a incorporar a agenda ambiental como estratégia de seus negócios

Conferência Internacional Ethos 2009

FAÇA A SUA PARTE!

Envie sua menagem para a Presidência pedindo o veto da MP:da Grilagem

Para enviar sua mensagem clique aqui!

terça-feira, 16 de junho de 2009

Moda engajada por um mundo sustentável

Matéria Publicada pela Revista Casa Claudia - 07/2007
Escrita Por Lucila Vigneron Villaça


Cartazes espalhados no Pavilhão da Bienal mostravam em mensagens simples e bem-humoradas as atitudes que podemos tomar desde já. A aposta na sustentabilidade não parou por aí: a convite da organização, novamente a revista Casa Claudia e o Planeta Casa ajudaram a indicar fornecedores afinados com essa proposta para dar forma à decoração do lounge oficial do evento e da sala da imprensa, criados pelos arquitetos Conrado Heck e Rodrigo Briareu (foto).
BANCO RÚSTICO
Os arquitetos pediram um assento poderoso à designer Monica Cintra, que logo aceitou moldar este, feito de pequiá. A madeira é originária de uma área de manejo sustentável em Rondônia e não recebeu nenhum tipo de acabamento.

CONFORTO NATURAL
Tecidos como a seda e o linho (Empório Beraldin) estão presentes nas almofadas e no revestimento do sofá Brigadier, fabricado pela Forma. Há 37 anos, essa empresa investe parte dos lucros na Fundação Tobias, que ajuda comunidades carentes.

TAPETE DE JORNAL
Em 2004, a designer Adriana Yazbek começou a trabalhar com os moradores de um albergue da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo na criação de produtos com material reciclado. "Três anos depois, eles desenvolvem peças de jornal. Com a venda delas, já conseguiram sair do albergue e agora todos têm uma renda mensal", conta Adriana. O espaço ganhou o nome de Oficina de Artes Boracea, e é de lá que veio este painel de círculos de jornal, que aqui faz o papel de tapete.

TECIDO ESPECIAL
Durante a estampagem de tecidos, uma grande quantidade de água é utilizada. A contribuição da fabricante Dalutex é devolvê-la limpa para o meio ambiente. Aqui, a parede ganhou revestimento de jacquard de veludo.

SOUSPLAT DE ESPELHO
Preservar a vida também é uma questão de sustentabilidade: o espelho da Divinal é fabricado sem chumbo, um material que prejudica a saúde. Aqui, as peças ganharam um uso diferente, fazendo papel de sousplat.

PISO RECICLADO
Cruzetas são as madeiras usadas nos postes para sustentar a fiação. Como ficaram expostas às intempéries, têm ótima resistência. Estas, resgatadas pelo Empório dos Dormentes, foram usadas como deque.


MADEIRA DE REFLORESTAMENTO
Além de confortáveis, as espreguiçadeiras Ayty, da Saccaro, são ecologicamente corretas: a estrutura das peças é feita com eucalipto de reflorestamento. Vêm com uma bandeja retrátil.

METAL QUE NUNCA ACABA
Assinadas pelo badalado designer francês Philippe Starck, as cadeiras Icon são feitas com 80% de alumínio reciclado e podem ser reutilizadas no fim de sua vida útil. Disponíveis na Forma.


SAQUINHOS DE ÁGUA E LUZ
Aproveitando o tema da água, os arquitetos criaram este lustre de saquinhos cheios do líquido, que reflete e difunde a luz. "É um jeito de economizar energia com um efeito interessante", afirma Conrado.


ESTANTE CERTIFICADA
Me inspirei nos galhos de uma árvore para criar a estrutura desta estante", diz o designer Paulo Alves, da Marcenaria São Paulo. As madeiras utilizadas - itaúba e garapeira - são certificadas pelo FSC.